Complexo Desportivo de Lagos (Lagos em Forma)

Enquadramento

No projeto do Complexo Desportivo de Lagos, (oficialmente designado por Lagos em Forma), procurámos integrar um pavilhão polidesportivo, um ginásio, duas piscinas, três estúdios, bem como múltiplas áreas de apoio às diversas modalidades que oferece.

Solução

O dimensionamento geral do edifício foi feito de modo a rentabilizar os custos.

O piso de jogo da nave principal, mais a sala de treinos e aquecimento, etc, possibilitam a capacidade de albergar simultaneamente 4 zonas de treino, com os respectivos monitores e equipas.

Os balneários foram dimensionados para responder a esta simultaneidade, de possíveis modalidades diferentes em espaços diferentes, chegando ao número de 8 balneários para atletas e 2 para monitores / árbitros.

Foram ainda consideradas 2 unidades destinadas ao uso específico por deficientes, o que nos parece um número razoável para a dimensão do pavilhão, são também integradas outras duas nos balneários para atletas, apesar de todos os balneários estarem equipados para utilização dos mesmos.

As áreas de arrecadações de material desportivo, divididas em grandes e pequenas dimensões, também tiveram em consideração a área de piso desportivo utilizável e servem o piso de jogo principal, e o piso complementar.

Consideramos que a concentração destes espaços desportivos cobertos se desdobrem e, (piso de jogo principal, divisível e sala de treinos e aquecimento) será vantajosa economicamente, pois tira o máximo partido da nova infra-estrutura desportiva criada, evitando a duplicação das funções de apoio do Pavilhão (exceptuando o já referido inevitável dimensionamento dos balneários de atletas e monitores e/ou árbitros), as bancadas de público, as zonas de administração, as zonas de VIP´S, o bar de apoio, as I.S. públicas, etc..